//5 Filmes sobre Futebol Feminino para ver na quarentena

5 Filmes sobre Futebol Feminino para ver na quarentena

A gente sabe que a saudade do Futebol Feminino tá demais! Seja pra quem joga, ou pra quem fica torcendo nas arquibancadas e sofás de casa. Enquanto o isolamento social não termina, e os jogos e campeonatos não voltam, temos duas sugestões pra não sofrer tanto com a abstinência de Futebol Feminino. 

A primeira é a reexibição da partida entre Brasil x EUA, pela final dos Jogos Panamericanos do Rio de Janeiro (2007), que será retransmitida pela rede globo no próximo dia 10 de maio, às 16h. É pra juntar a família e se deleitar com esse jogaço. E a segunda é essa lista que a gente vai deixar logo abaixo, com 5 dicas de filmes que abordam o Futebol Feminino como tema principal ou secundário.

 

Se organizar, dá pra ver tudinho.  

 

 

  1. Driblando o Destino (Bend It Like Beckham) [2002]

 

Entre a tradição e o sonho. Comédia trata da paixão de uma menina ...

Driblando o destino é um filme inglês de 2002, que narra a história de Jesminder, uma adolescente indiana que vive na Inglaterra e tem o sonho de jogar futebol tão bem quanto o seu ídolo, David Beckhan.  Como obstáculo está a sua família, que preserva tradições culturais e deseja que a filha apenas se comporte dentro dos padrões e conquiste o tão sonhado casamento.  Na luta pelo sonho, Jess encontra forças em uma amiga que também precisa enfrentar conflitos familiares para correr atrás do que tanto ama fazer. O filme mostra a riqueza da diversidade cultural entre ingleses e indianos, e emociona ao retratar a realidade de muitas garotas pelo mundo.  Confira o trailer aqui

Disponível nas plataformas: Claro TV; Youtube Filmes;  e Google Filmes. 

2. Gracie (2007)

Gracie filme - Veja onde assistir online

Na Nova Jersey de 1978, Gracie precisa lutar contra um decreto do Governo Americano que restringe a prática de futebol para mulheres. Após a perda repentina do seu irmão mais velho, um de seus maiores apoiadores, Gracie convence a família e a escola a deixarem com que ela assuma o lugar dele no time de futebol masculino. A história é parcialmente baseada nas experiências de infância de Elisabeth Shue, que foi uma das produtoras do filme. Veja o trailer aqui

Disponível com dublagem em português apenas em sites online de reprodução online. 

3. Eu, jogadora – Um autorretrato do Futebol Feminino (2017)Eu, Jogadora - Filme Completo - YouTube

O Documentário “Eu, jogadora” reúne grandes nomes do futebol brasileiro, desde a primeira mulher técnica da Seleção Feminina, Emily Lima, e também nomes que fizeram história, como: Roseli de Belo e Nilda Ismael (atletas olímpicas), e as revelações: Camila Mehler e Brenda Isadora (revelações), que dividem suas histórias e trajetórias na modalidade. O filme foi idealizado e produzido em uma parceria que reuniu A Vitrine do Futebol Feminino e o Acervo da Bola, com direção de Edson de Lima, Cristiano Fukuyama e Luiz Nascimento. Vale muito a pena ver. 

Disponível no Youtube de forma gratuita. Clique para assistir

4. Ela é o Cara (She’s the Man) [2006]

Ela é o Cara

Da lista, talvez este seja o mais popular. Ela é o cara retrata a história de Viola, uma adolescente que fica inconformada após ver o time de futebol em que atuava ser extinto na escola em que estuda. O drama com bastante trechos de comédia, mostra os planos de Viola se passando pelo irmão gêmeo para jogar no time da escola dele, enquanto o mesmo se aventura em uma viagem bem longe dos Estados Unidos. Apesar de se perder um pouco na comédia romântica, Ela é o cara também traz o drama e o preconceito de ser mulher e jogar futebol. Confira o trailer aqui

Atualmente o filme não está disponível em streaming, mas dá pra encontrar a versão completa em sites online. 

  1. Minas do Futebol 

Documentários brasileiros que lançam o olhar sobre o futebol feminino

Esse é especial porque leva minas no nome (risos). Mais um nacional, o Minas do Futebol retrata a história da equipe feminina sub-13 do Centro Olímpico-SP, que em pleno 2016, ao não encontrar campeonatos femininos para disputar, se propôs a participar da Copa Moleque Travesso. O Documentário mostra a superação de uma equipe que precisou enfrentar a resistência e discordância de outras pessoas, que achavam que ali não era território feminino. O time surpreender e passou da fase de grupos, chegando até a final. Mas o resultado só dá pra saber vendo. 

Disponível na íntegra no Youtube. Clique para ver.