//Corinthians profissionaliza time feminino

Corinthians profissionaliza time feminino

O Corinthians deu mais um grande passo no projeto de Futebol Feminino. O clube anunciou hoje a tarde a profissionalização de todo o elenco na temporada de 2020. A partir deste ano todas as atletas do elenco adulto terão registro em carteira e todos os direitos trabalhistas garantidos.

  A atitude parece óbvia, mas atualmente nenhum clube do futebol brasileiro profissionalizou 100% do elenco. Em entrevista o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, enfatizou a ação como mais um compromisso do projeto. “O Corinthians sempre esteve na vanguarda no futebol feminino e este é um passo importante na conquista dos direitos trabalhistas, mostrando que respeita as minas por aqui é prática e não conversa fiada”, definiu. 

Cris Gambare comemorando profissionalização – Foto: Reprodução redes sociais

Desde 2016 o Corinthians tem apostado e investido bastante no Futebol Feminino. Recentemente tornou-se um dos clubes da América com maior público e engajamento nas redes sociais. São quase meio milhão de torcedores que acompanham o dia a dia das atletas. Em relação a estrutura, as jogadoras dispõem de uma academia de alto nível, treinamentos no CT das categorias de base do clube, além do auxílio de um departamento médico, fisioterapêutico, nutricional e psicológico próprio. 

A diretora de Futebol Feminino, Cris Gambare, também comemorou a iniciativa nas redes sociais. “Lutamos contra tudo e contra todos para chegar à maior forma de respeito à modalidade: a profissionalização das nossas atletas”, declarou. 

Sub 17

Na categoria sub-17, as atletas terão contratos de formação de atletas, nos moldes do que é utilizado na base masculina. Desde sua criação, todas as jogadoras recebem também uma ajuda de custo e auxílio em sua parte educacional e psicológico.