//Após campanha invicta e acesso no brasileiro A2, palmeiras demite técnica e supervisora de futebol

Após campanha invicta e acesso no brasileiro A2, palmeiras demite técnica e supervisora de futebol

Hoje uma notícia pegou de surpresa os torcedores do Palmeiras/Vinhedo, e quem acompanha o futebol feminino no Brasil. A técnica Ana Lúcia e a supervisora de futebol Renata Pellegati foram desligadas do clube. O anúncio oficial saiu no site do clube paulista. Confira o comunicado na íntegra:

A Sociedade Esportiva Palmeiras comunica que a treinadora Ana Lúcia Gonçalves e a supervisora Renata Pelegatti não fazem mais parte da comissão técnica da equipe feminina de futebol do clube devido a uma readequação na filosofia de trabalho do departamento. O Palmeiras agradece as profissionais pelos serviços prestados e deseja sucesso no decorrer de suas carreiras.

Ana Lúcia e Renata Pelegatti realizaram a melhor campanha da série A2 na primeira fase. Foram 15 vitórias em 15 jogos, com 20 gols marcados e nenhum sofrido. Na segunda fase a equipe paulista venceu o Porto Velho e a Chapecoense, conquistando neste último, o acesso à série A1. A equipe ainda terá de enfrentar a semifinal contra o São Paulo, que será no próximo domingo. O clube ainda não informou quem assumirá o comando da equipe.

De acordo com Renata Pelegatti, a notícia também as surpreendeu. “O Alberto, nosso coordenador, nos chamou na hora do almoço, e nos comunicou sobre a demissão. Disse que foi incompatibilidade”, declara. Apesar da situação, ela destaca o trabalho em equipe e os feitos do time. “Foi uma surpresa mas agradeço ao palmeiras pela oportunidade de mais uma vez mostrarmos o nosso trabalho, e conquistarmos o acesso que foi algo tão planejado e desejado”, completa.

Sobre o Projeto:

O Palmeiras foi uma das últimas grandes equipes da série A a apresentar o seu projeto de futebol feminino em 2019, quando se tornou obrigatório, por meio de norma da CONMEBOL, que um clube de série A tenha também uma equipe, ou faça parceria com um time de futebol feminino. O Palmeiras uniu-se ao Vinhedo-SP, e já no seu primeiro ano, garantiu acesso à elite do futebol nacional.