//Igualdade! CBF anuncia novas coordenações de Futebol Feminino e decreta: “Não há mais diferença de gênero em relação a homens e mulheres”

Igualdade! CBF anuncia novas coordenações de Futebol Feminino e decreta: “Não há mais diferença de gênero em relação a homens e mulheres”

Aline Pellegrino assume a Coordenação de Competições e Duda Luizelli a Coordenação de Seleções

Por Amanda Porfirio

Na coletiva realizada na tarde desta quarta (02), a CBF, através do Presidente Rogério Caboclo, fez uma série de anúncios importantes para o desenvolvimento do Futebol Feminino brasileiro. O primeiro deles trouxe o tão aguardado nome da Aline Pellegrino para o cargo de Coordenadora de competições de Futebol Feminino. Logo em seguida, foi anunciada também, a Duda Luizelli, na Coordenação de Seleções. Além disso, Caboclo revelou que desde março deste ano, todos os valores de premiações, diárias, dentre outros, são iguais entre homens e mulheres.

É a primeira vez na história que as seleções de homens e mulheres receberão os mesmos valores em competições e diárias. Sobre a equidade dos pagamentos, o presidente demonstrou satisfação e afirmou que “Não há mais diferença de gênero em relação a homens e mulheres”. Ele reafirmou, ainda, a competência das novas coordenadorasA partir de hoje o Futebol Feminino no Brasil estará nas mãos de quem sempre trabalhou com a bola dentro e fora de campo”, afirmou.

Aparentemente emocionada, Aline Pellegrino demonstrou confiança e felicidade com o novo cargo. “Uma semana de muitas emoções e frio na barriga. Vejo um sonho se concretizando”, declarou. Já Duda destacou o momento histórico para a modalidade e se mostrou grata.“Ter a honra de sermos as primeiras mulheres a estar comandando o Futebol Feminino Brasileiro. Só tenho a agradecer e lutar para fazer o Futebol Brasileiro ser o melhor do mundo”.

O Caminho até elas

O nome da Aline já era bastante solicitado por torcedores e mídias que acompanham a modalidade, e de acordo com o que ela mesmo disse em entrevista exclusiva para o Fut das Minas em agosto, faltava apenas o convite da CBF. Ele chegou, e ela aceitou! No cargo, Aline ficará responsável pelo desenvolvimento do Futebol Feminino no Brasil como um todo, e também terá a responsabilidade de organizar o calendário de competições.

50299011941_71592da4b9_c
Foto: Lucas Figueiredo | CBF

Eduarda Luizelli ficará responsável pela coordenação das Seleções Femininas, principal e de base, no que diz respeito a todo gerenciamento e logística dos grupos. Duda, como é conhecida, conquistou a entidade pelo trabalho de referência no Internacional, onde assumia, até então, a Coordenação Técnica de Futebol Feminino do clube.

Mais mulheres na equipe

Antes da chegada da técnica Pia Sundhage à Seleção, já existiam algumas mulheres na equipe técnica, porém, é inegável perceber que a entidade vive outro momento de gestão feminina. Além da Pia contar com as auxiliares Beatriz Vaz e Lilie Person, a chegada da Aline Pellegrino e Duda Luizelli significa um desenvolvimento vertical na modalidade. E a decisão histórica da equidade no que tange às competições e diárias confere à CBF o alinhamento com o propósito de desenvolvimento do Futebol Feminino em todas as esferas. Grande dia!