//Iranduba revela descrença em se manter no Brasileirão

Iranduba revela descrença em se manter no Brasileirão

Equipe perdeu boa parte do elenco e tem funcionários que não recebem salários há um ano

Por: Clara Maria Lino

“Lamentavelmente, estamos no fundo do poço.” Essas são as palavras de Lauro Tentardini, diretor de futebol feminino do Esporte Clube Iranduba da Amazônia. Com 20 jogadoras dispensadas, Lauro não sabe como vai conseguir levar o Hulk da Amazônia para os jogos da Série A1 do Campeonato Brasileiro. Não há dinheiro nem mesmo para pagar passagens aéreas da equipe.

Até uma vaquinha online foi lançada com o objetivo de arrecadar R$ 900 mil para manter a equipe na disputa do Brasileirão, após o calote recebido pelo patrocinador master VegaNation. De acordo com a assessoria do Iranduba, há funcionários, como o próprio Lauro, que não recebem salários há pelo menos um ano. A vaquinha arrecadou até hoje (13), quase R$ 5 mil, o que não chega a 10% da meta pretendida. Com o apoio financeiro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que enviou um recurso de R$ 120 mil às equipes da série A1, foi possível quitar apenas um mês de salários atrasados.

Lauro
Lauro Tentardini – Foto: A Crítica | Reprodução 

Lauro explica que o clube está contando com mais apoio financeiro por parte da CBF, mas o dinheiro está demorando para ser enviado e não há um novo patrocinador para cobrir as despesas. “Até uma possível ajuda da CBF que nós contávamos também está demorando para sair. Então é uma situação muito complicada. Nós perdemos a Carol no último final de semana. Temos um grupo já com muito poucas opções, então a situação é dramática. Não temos uma data para voltar a treinar”, afirma.

Neste quadro, não há dinheiro para nada. Nem mesmo alimentação ou moradia. Além do fator financeiro, o psicológico da equipe também está afetado, já que não há condições mínimas de reiniciar as atividades. Segundo a assessoria do clube, a equipe vai jogar a primeira rodada, mesmo nessas condições, para não ser punida.

O Campeonato Brasileiro Série A1 reinicia com três jogos da 5a rodada no dia 26 de agosto de 2020. As partidas não puderam ser finalizadas devido à paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 104 mil brasileiros.

O Iranduba vai a campo no dia 30 de agosto contra o Vitória – BA pela 6a rodada do campeonato. O jogo está marcado para às 15h no Barradão, em Salvador, Bahia. A final do Brasileiro A1 está prevista para o dia 6 de dezembro deste ano.