Brasileirão Feminino começa com indefinições na transmissão

Nayra Halm / Staff Images Woman / CBF

O Brasileirão Feminino se aproxima do fim da segunda rodada, faltando apenas os jogos entre Botafogo e Grêmio, e Corinthians e América-MG. Até o momento, todas as partidas foram exibidas, seja pelos canais Sportv ou pela plataforma dos clubes. No entanto, uma indefinição a respeito das transmissões ainda permanece nos bastidores. 

Transmissão na TV Brasil

No dia 8 de março deste ano, o Ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, aproveitou a presença no podcast “Sintonia Pública” para anunciar que a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) havia adquirido os direitos da Série A1. Assim, os confrontos que não estivessem na grade dos canais Globo, seriam transmitidos pela TV Brasil em canal aberto. 

Contudo, o campeonato começou no dia 15 sem previsão de jogos televisionados pela rede estatal. Conforme informações obtidas pela reportagem do Fut das Minas em contato com uma fonte na EBC, isso se dá em virtude de a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estar sem uma empresa parceira para fazer os contratos de sub-licenciamentos. Contatada, a entidade não se posicionou.

Onde passa o Brasileirão Feminino

Atualmente, dois jogos por rodada são transmitidos no Sportv, enquanto os outros seis cabem aos clubes mandantes. Na rodada inaugural, Ferroviária, Santos, Avaí Kindermann, Fluminense, América-MG e Cruzeiro passaram seus jogos. 

O acordo com a Globo, firmado em janeiro de 2022, deu fim à era da Band, que deteve os direitos entre 2019 e 2021 e já transmitia jogos em TV aberta. Nesse período, a Eleven Sports (que comprou a MyCujoo em 2020) também exibiu os jogos, mas no streaming. O contrato com a plataforma foi rompido pela CBF em abril daquele ano.