//Corinthians perde nos pênaltis para o América de Cali e é eliminado na semifinal da Libertadores Feminina

Corinthians perde nos pênaltis para o América de Cali e é eliminado na semifinal da Libertadores Feminina

Por Vitória Soares 

Corinthians e América de Cali entraram em campo, na tarde desta quarta-feira (17), no estádio Deportivo Morón, buscando a classificação para a final da Libertadores Feminina de 2020. Com uma campanha invicta com 34 gols marcados e nenhum sofrido, a equipe alvinegra era a favorita. No entanto, o time colombiano apostou até o fim na sua estratégia, e após o empate em 1 a 1 nos 90 minutos, o Cali conseguiu garantir a vaga para final na disputa dos pênaltis. 

Assim como no primeiro jogo das duas equipes na primeira fase, foi um começo bem equilibrado. O Corinthians tentou criar desde o início da partida, mas acabou esbarrando na ótima marcação feita pela equipe colombiana, deixando pouco espaço para as jogadas de ataque das corintianas. Aos 23 minutos, o alvinegro criou uma boa chance, com um chute de primeira de Tamires de fora da área, assustando a goleira do América. O América de Cali apostou nos contra-ataques, mas não ofereceu nenhum perigo para a meta defendida por Thainá Borges. 

Tamires marcou abriu o placar para o time corintiano no segundo tempo. Foto: Rodrigo Gazzanel/Corinthians

O Corinthians voltou para o segundo tempo pressionando o time de Cali, até que aos 12 minutos Vic Albuquerque em uma jogada na entrada da área ajeitou a bola para Tamires, que acertou um forte chute, abrindo o placar para o time paulista. No minuto seguinte, Katiuscia cruzou, Gabi Nunes dominou e bateu para defesa da goleira.  

A equipe paulista dominava o jogo, mas não aproveitava as oportunidades criadas para ampliar o marcador. Até que nos acréscimos, aos 48 minutos, Guarecuco aproveitou uma falha da defesa do Corinthians e marcou um golaço, encobrindo a goleira Tainá. Com o empate, o América de Cali continuou vivo, levando a decisão para os pênaltis. 

Pênaltis 

Na disputa dos pênaltis o América de Cali não desperdiçou nenhuma cobrança, Catarina Usme, Gabriela Rodriguez, Annly Iglesias e Ospina converteram todas as cobranças. 

Pelo lado corintiano, Pardal, Juliete e Adriana marcaram, porém Gabi Nunes e Diany acabaram parando na goleira Taipa, que defendeu as duas cobranças, eliminando o Corinthians por 4 a 3 nas penalidades, e classificando o América para final da Libertadores. 

DECISÃO 

Agora o América de Cali aguarda a definição do seu adversário da final, que sairá do jogo entre Ferroviária e Universidad de Chile, marcado para esta quinta-feira (18), às 17h.