FPF realiza primeira peneira de Futebol Feminino em São Paulo

Idealizada pela ex jogadora da seleção brasileira, Aline Pellegrino, que atualmente é coordenadora de futebol feminino da Federação Paulista de Futebol (FPF), a 1º peneira paulista sub-17 tem cara de pioneirismo. É a primeira vez que uma federação fica a frente de uma seletiva de atletas. Foram 420 participantes, vindas de 15 estados das cinco regiões do Brasil, além de duas estrangeiras.

As atletas tiveram três dias (25,26,27) para demonstrar o talento diante de integrantes de diversas equipes de futebol feminino de São Paulo. Por trás dos números, histórias de sonhos e a determinação de conquista-los. As dibradoras, que faziam a cobertura da peneira, mostraram nos stories um grupo de jogadoras de um time da Bahia, que chegou até a vender rifas para participar da seletiva.

E por falar em sonho, foi assim que a Aline Pellegrino resumiu a realização da peneira. “Quando você junta o sonho com a oportunidade, o resultado não tem como ser diferente do que estamos vendo nessa imagem”. A declaração foi feita em uma postagem no instagram da ex atleta, que destaca uma foto que viralizou. Na imagem, a atacante Cristiane, que visitou o evento juntamente com a Andressa Alves para conversar um pouco com as meninas. E ao fundo, um olhar admirado de uma das participantes para a artilheira da seleção nessa última copa do mundo.

 

A visita de Cristiane e Andressa foi surpresa para as meninas, e serviu para ressaltar a mensagem de lutar pelos sonhos e correr atrás do que se quer. Cristiane ainda destacou em uma entrevista para o site da FPF, a importância em dar oportunidade de formação técnica para as jogadoras desde cedo. “É o momento em que começa a pegar a menina em desenvolvimento para ensinar a parte técnica. Não tive isso, assim como grande parte das atletas da Seleção e isso é preocupante”.

 

Fotos: Rodrigo Corsi/FPF