//No primeiro ano na elite do futebol feminino, Palmeiras e São Paulo chegam nas semifinais do Brasileirão

No primeiro ano na elite do futebol feminino, Palmeiras e São Paulo chegam nas semifinais do Brasileirão

Palmeiras e São Paulo lutam por vaga na final do Brasileirão em seu primeiro ano na série A1

Por Fernanda Gasel

Nas semifinais do campeonato brasileiro de 2020, o Palmeiras enfrenta o Corinthians e o São Paulo enfrenta o Avaí/Kindermann. Enquanto o Corinthians e o Avaí/kindermann possuem muita tradição no campeonato, o São Paulo e o Palmeiras estão pela primeira vez na elite do futebol feminino, e em seu primeiro ano na série A1, os dois times chegaram nas semifinais. 

O time feminino tricolor ficou fora das competições em 2018, mas em 2019 o clube anunciou o retorno aos torneios estaduais e nacionais, além da contratação da jogadora Cristiane, que atualmente está no Santos. Comandadas pelo técnico Lucas Piccinato, elas conquistaram o título da série A2 do Brasileiro, garantindo seu lugar na primeira divisão do campeonato em 2020. 

A zagueira, Thais Regina, falou do trabalho que o time está desenvolvendo desde o ano passado: “Está sendo um trabalho bastante forte. A gente sabe que no brasileiro A1 as equipes são bem mais fortes. A gente está tratando de outra forma e chegaram pessoas novas que vieram compor e ajudar o time para chegar mais longe, e conseguimos.”

Durante a competição, o time teve oito vitórias, três empates e quatro derrotas, terminou a fase de grupos em sétimo lugar e conquistou uma vaga nas quartas de final antes mesmo da 15ª rodada acontecer. No mata – mata, o São Paulo enfrentou o Santos. Empatou no jogo de ida e venceu as sereias da vila por 2 a 0 na partida de volta, resultado que levou o time às semifinais. 

Foto: Igor Amorim/São Paulo

A equipe alviverde tem uma trajetória parecida. O time foi reativado em fevereiro de 2019, após a exigência da Conmebol para os clubes que disputassem a Libertadores masculina e voltou para campo conquistando títulos. Venceu a Copa Paulista e ficou foi vice na série A2, conquistando também o acesso para o Brasileiro Feminino A-1. 

Na fase de grupos o Palmeiras terminou em quarto lugar, e chegou às semifinais derrotando nos pênaltis a atual campeã do campeonato, a Ferroviária. A goleira Vivi foi peça chave nas quartas de final. Nos pênaltis, ela defendeu a primeira cobrança e as meninas do Palmeiras venceram a disputa. A goleira enfrentou algumas críticas no início da temporada, mas buscou aprender com isso. “Eu tenho muito claro a minha capacidade embaixo das traves, sei das minhas responsabilidades e da cobrança que é normal. Busco tirar os aprendizados de cada momento, sendo ele bom ou ruim, e vou na minha busca pela regularidade e segurança. O trabalho reflete no desempenho, e aos poucos tenho conseguido mostrar a goleira que sou, sei que ainda tem muito mais para mostrar e estarei preparada para isso.”

Além disso, Vivi também falou da importância de estar nas semifinais e pensa nos próximos anos: “Tivemos um início curto, mas que conseguimos entender alguns conceitos e fomos pegando entrosamento e adaptando ao nosso estilo ao longo da competição. Estar nas semis é muito importante, demonstra a qualidade da nossa equipe e o comprometimento de cada atleta, automaticamente cria-se uma projeção muito boa para os próximos anos.”

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Próximos confrontos

O jogo de volta entre São Paulo e Avaí/Kindermann vai acontecer neste sábado (14), às 14h. Com o placar de 3 a 1 no primeiro jogo, as avaianas caçadoras estão em vantagem e jogando em casa, na Ressacada (SC). O tricolor precisa vencer com três gols de diferença. Para Thais Regina, nada é impossível no futebol: “Vai ser um jogo bastante duro, a gente sabe que fomos muito mal tecnicamente no primeiro jogo. Vamos ter que entrar com bastante concentração, muito focadas, e sabendo que nada é impossível, o futebol é uma caixinha de surpresas.”

O clássico entre Palmeiras e Corinthians vai ser definido no segundo jogo, já que, no jogo de ida o dérbi terminou empatado em 0 a 0. O confronto vai acontecer na segunda-feira (16), às 19h, na Neo química Arena.