Atlético de Madrid vence o Barcelona nos pênaltis e avança à decisão da Supercopa Feminina

Equipe de Madrid chega pela primeira vez a final da competição 

Por Mariana Santos 

Atlético de Madrid e Barcelona se enfrentaram na tarde desta quarta-feira (13) pela semifinal da Supercopa Feminina da Espanha. Após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, o Atlético venceu por 3 a 1 nos pênaltis e se classificou à final da competição. Os gols da partida foram marcados por Van Dongen (Atlético de Madrid) e Alexia Putellas (Barcelona).

O JOGO

A primeira etapa foi de superioridade técnica do Barcelona, que construiu as principais chances no campo de ataque. Com troca de passes rápidos e pressão na saída de bola do Atlético, as catalãs deixaram poucos espaços para as adversárias. Aos 11 minutos, Jenni Hermoso quase abriu o placar em uma jogada dentro da área, mas a defesa do Atlético afastou. O Barça seguiu no campo de ataque e o Atlético teve muitas dificuldades no campo de criação. Com diversos erros de passes, o time de Madrid quase não ofereceu perigo na primeira etapa. Aos 20 minutos, Alexia Putellas fez boa jogada na entrada da área, cortou para o meio e bateu para a defesa da goleira Lindahl, em outra chance do Barça. Apesar das boas chegadas, o time catalão parou na boa atuação da goleira adversária e o primeiro tempo terminou sem alterações no placar.

Foto: FC Barcelona

Na etapa final, o Atlético voltou mais ligado na partida e marcando no campo de defesa do Barcelona. A equipe de Madrid teve a primeira chegada ao ataque, mas a defesa catalã afastou. Mesmo com a melhora do Atlético, o Barça voltou a ter mais intensidade no ataque e reclamou de um pênalti em Alexia Putellas após chegada forte dentro da área, mas a juíza mandou seguir. Aos 19 minutos, a equipe catalã teve boa chance com Jenni Hermoso. A camisa 7 pegou o rebote da goleira Lindahl e quase abriu o placar. Diferente da primeira etapa, o Atlético conseguia chegar com mais frequência ao ataque teve um pênalti a seu favor após a bola bater na mão de Andrea Pereira. Van Dongen foi para a cobrança e abriu o placar da partida. O Barcelona saiu em busca do empate e mais uma vez pediu pênalti após a bola bater na mão da defensora adversária, mas novamente nada foi marcado. A equipe catalã seguiu pressionando até que Alexia Putellas sofreu uma falta na entrada da área aos 44 minutos. A própria camisa 11 foi para a batida e com muita qualidade colocou a bola no fundo das redes para empatar a partida. O Barça ainda tentou virar o jogo nos últimos minutos, mas o tempo regulamentar terminou em 1 a 1. 

Foto: FC Barcelona

PRORROGAÇÃO 

Com mais intensidade no ataque, o Barcelona teve mais chances de marcar o segundo gol na primeira etapa da prorrogação. A equipe catalã chegou com perigo em diversas oportunidades mas parou nas boas intervenções de Lindahl. Mapi Leon teve a chance de marcar de fora da área e bateu para fora. Na segunda etapa da prorrogação as duas equipes estavam em busca do gol, mas o cansaço físico impediu jogadas com mais velocidade. O Barcelona seguiu superior, como em toda a partida, mas desperdiçou muitas chances. Oshoala fez boa jogada pela direita e bateu para fora. Hamraoui recebeu de Alexia Putellas mas não conseguiu completar para o gol. Na sequência, a própria Alexia teve a chance do gol e bateu para fora. Sem mais tempo, a prorrogação terminou também com igualdade no placar.

PÊNALTIS (3×1)

Com show de pênaltis perdidos, o Atlético de Madrid foi melhor e garantiu a vaga na final após boa atuação da goleira Lindahl. 

Atlético de Madrid: Diallo (perdeu), Deyna (gol), Van Dongen (perdeu), Laurent (gol), Alia (gol);

Barcelona: Jenni Hermoso (perdeu), Mariona (perdeu), Mel Serrano (perdeu), Marta (gol). 

DECISÃO

A final da Supercopa Feminina entre Levante e Atlético de Madrid acontece no próximo sábado (16), às 16h45 (horário de Brasília), no Estádio de los Juegos Mediterráneos, em Almería.