//Brasil vence Canadá e se despede com vitória na She Believes Cup

Brasil vence Canadá e se despede com vitória na She Believes Cup

Por Fernanda Gasel

A seleção brasileira feminina terminou a sua participação na She Believes Cup nesta quarta-feira (24), conquistando a vitória em cima do time do Canadá. Após a derrota para os Estados Unidos, o Brasil venceu a seleção canadense por 2 a 0 no Orlando City Stadium. 

O Brasil entrou em campo com dificuldade na criação mas não demorou muito para tomar conta da partida. O time começou criando mais oportunidades dentro de campo de ataque, enquanto o Canadá tentava roubar a bola. Aos 13’ do primeiro tempo a bola foi lançada na área para Debinha, mas o passe saiu muito forte, deixando a bola nas mãos da goleira Labbé.

Porém, um minuto depois Adriana recuperou a bola no ataque, passou para Debinha, que invadiu a área e chutou cruzado. A bola bateu na trave esquerda e estava voltando para a goleira Stephanie Labbé, mas Debinha se antecipou e empurrou para o gol, marcando o primeiro gol do time brasileiro, aos 14 minutos do primeiro tempo.

A seleção brasileira continuou criando oportunidades. Aos 38 minutos, o Brasil brigou pela bola na área canadense, com Júlia Bianchi e Ivana Fuso dividindo a defesa. Gabrielle Carle tentou chutar para a frente, mas foi travada por Marta, Carle tentou de novo e perdeu para Júlia Bianchi, que limpou o lance e chutou cruzado, marcando o segundo gol brasileiro.

O Canadá ainda teve uma chance aos 41 minutos do primeiro tempo. Bárbara saiu da área para chutar para frente, mas mandou rasteiro, dando a chance do contra-ataque canadense. Prince recebeu e tentou encobrir a goleira brasileira, mas ela conseguiu voltar e dar um tapa para escanteio. O primeiro tempo acabou com vantagem da seleção canarinha.

Foto: Sam Robles/CBF

As duas equipes voltaram do intervalo com modificações, o que resultou em um segundo tempo mais travado no meio do campo, com muitos erros de passes. O rendimento do time Brasileiro caiu, e o Canadá aproveitou e pressionou o adversário, criando oportunidades de gol. 

No entanto, o jogo terminou 2 a 0. Pia, como de costume, usou todas as seis substituições permitidas, mas as mudanças não funcionaram. A seleção brasileira foi dominada pelo Canadá no segundo tempo, e escapou de entregar a vitória mais por erros das adversárias do que por méritos do sistema defensivo. 

Estados Unidos e Argentina fazem o último confronto do torneio. Caso as Americanas vençam a partida, ficam com o título, deixando o Brasil como segundo colocado na classificação.