Com novidades, Pia Sundhage convoca Seleção Brasileira Feminina para amistosos contra Austrália

Thaís Magalhães | CBF

Na tarde desta terça (5), a técnica da Seleção Brasileira, Pia Sundhage, convocou 23 atletas para os jogos amistosos contra a Austrália, que serão realizados nos dias 23 e 26 de outubro (datas FIFA) e marcam a preparação da equipe para a Copa América de 2022 e para a Copa do Mundo de 2023. 

Os jogos acontecerão no estádio de Commback, em Sydney, uma das cidades sede da próxima Copa do Mundo Feminina de 2023 que, além da Austrália, também tem a Nova Zelândia como país sede. 

Entre os nomes divulgados hoje, uma novidade, a goleira Karen do Minas Brasília foi convocada pela primeira vez.

Confira a lista das convocadas. 

Goleiras: Leticia (Benfica), Karen (Minas Brasília), Lorena (Grêmio)

Defensoras: Rafaelle (Changchun Dazhong) , Tainara (Palmeiras), Erika (Corinthians), Antonia (Madrid CFF), Bruninha (Santos), Tamires (Corinthians), Thaís (Palmeiras), Katrine (Palmeiras)

Meias:
Julia Bianchi (Palmeiras), Ary Borges (Palmeiras), Angelina (OL Reign), Duda (São Paulo), Kerolin (Madrid CFF), Debinha (NC Courage), Adriana (Corinthians)

Atacantes:
Gio (Levante), Nycole R. (Benfica), Geyse (Madrid CFF), Bia Zaneratto (Wuhan Xinjiyvan) , Marta (Orlando Pride)

Rivalidade antiga

Apesar de serem partidas amistosas, Brasil e Austrália têm um longo histórico de rivalidade. O último encontro das seleções aconteceu na fase de grupos da Copa do Mundo da França em 2019, onde, apesar da boa atuação no primeiro tempo, a Seleção Canarinha sofreu um revés e perdeu de virada por 3×2.

Antes disso, os times se encontraram em 2018, no Torneio das Nações. O Brasil também não foi efetivo e perdeu das Matildas por 3×1, também na fase de grupos. Porém, é a primeira vez que a Seleção Australiana enfrentará o Brasil sob o comando da técnica Pia Sundhage. Ou seja, pode-se esperar outra postura. 

No Ranking da FIFA, o Brasil ocupa atualmente a sétima posição, enquanto a Austrália se encontra na décima primeira. E, enquanto a Seleção Brasileira tem uma série de talentos no elenco, a Austrália tem um plantel mais tímido, se firmando no estrelismo da atacante Sam Kerr.  

Apesar do Brasil pintar como favorito na disputa, de fato são partidas que podem ter resultado favorável para ambas as equipes.