Ferroviária empata com Santos, garante vantagem no agregado e conquista última vaga nas semifinais do Brasileiro Feminino A1

Foto: Rebeca Reis | CBF

Na noite desta segunda (23), a Vila Belmiro foi palco da disputa pela última vaga das semifinais do Brasileiro Feminino A1. O Santos recebeu a Ferroviária precisando vencer para seguir na disputa pelo título do campeonato. Mas, mesmo com o mando de campo, não teve forças suficientes para superar as Guerreiras Grenás. 

Só deu Santos!

A Ferroviária já chegou mostrando que veio com vontade. No primeiro minuto do jogo, Rafa Mineira avançou dentro da área e chutou forte, a bola explodiu na trave e saiu. 

Não demorou muito para o Santos responder. Aos três minutos, a bola chegou em Cristiane, que pegou em cheio e chutou com vontade, obrigando a goleira Luciana a fazer boa defesa. 

As duas equipes mantinham um jogo reativo, buscando sempre o ataque e tentando abrir o placar. Aos 18 minutos, Sole Jaimes recebeu um bonito lançamento na entrada da área e ficou livre para chutar forte, mas a goleira Luciana brilhou mais uma vez e fez uma grande defesa, fechando o gol da Ferroviária. 

Logo depois, aos 23 minutos, Sole Jaimes foi derrubada na entrada da área e a árbitra marcou falta perigosa para as Sereias da Vila. A Cristiane cobrou, mas a bola passou longe do gol. 

Aos 28 minutos, Suzane recebeu livre e manda uma bomba de fora da área, tentando abrir o placar para a Ferroviária. A bola passa perto, mas não entra. No minuto seguinte, Amanda puxou contra-ataque e ficou cara a cara com a goleira Luciana, tentou o drible, mas a arqueira das Guerreiras Grenás foi mais feliz e afastou a bola. 

Não demorou muito para o Santos voltar a levar perigo. Aos 37 minutos, em cobrança de escanteio, Cristiane recebeu livre e mandou para dentro do gol, mas a arbitragem marcou impedimento em lance polêmico.

“Água mole em pedra dura”

O Santos continuou insistindo e, já nos acréscimos, aos 49 minutos, Sole Jaimes recebeu cruzamento preciso de Cristiane e empurrou para o fundo das redes, abrindo o placar para as Sereias da Vila. 

Foto: Rebeca Reis | CBF

Na saída para o intervalo, a Sole Jaimes falou sobre marcar o gol em um momento importante do jogo, da entrega da equipe e do significado do Santos para a sua carreira. “É o time que me levou ao meu primeiro contrato profissional. Eu devo tudo a essa camisa, e por ela vou fazer o que for preciso”, declarou.  

Outra postura

O segundo tempo começou com a Ferroviária se impondo em campo. E logo aos três minutos, Rafa Mineira pegou bem na bola e acertou uma bomba de fora da área, empatando a partida e colocando a Ferroviária de volta nas semifinais. 

As Guerreiras Grenás continuaram com mais volume de jogo, tentando criar chances de ampliar a vantagem. Mas foram as Sereias da Vila que se deram bem. Aos 17 minutos, Day Silva recebeu o cruzamento livre dentro da área e mandou para o fundo das redes, deixando o Santos de volta na briga pela classificação. 

Foto: Tiago Pavini | Ferroviária

A esperança do Santos não durou muito. Aos 26 minutos, Aline Milene, que entrou no segundo tempo, achou uma brecha na defesa do Santos, recebeu na área e chutou no canto para empatar o jogo e deixar a Ferroviária na frente mais uma vez, no placar agregado. 

Aos 34 minutos o Santos teve chance em uma cobrança de falta na área. Amanda Gutierrez subiu mais alto e cabeceou. A bola passou perto do ângulo direito da goleira Luciana. 

Perto do fim do jogo, Santos e Ferroviária ficaram no bate-rebate tentando marcar mais um gol, mas nenhuma das equipes teve êxito.

Próximo desafio

Nas semifinais as Guerreiras Grenás enfrentam o Corinthians, adversárias já conhecidas pela equipe. Confira as datas dos próximos jogos:

29/08 – Domingo

Ferroviária x Corinthians

20h

05/09 – Domingo

Corinthians x Ferroviária

20h