Final inédita! Canadá e Suécia conquistam a vaga para a disputa da medalha de ouro do futebol feminino das Olimpíadas de Tóquio

Foto: Twitter/FIFA Women's World Cup

Nesta segunda-feira (02), foram definidas as seleções que irão disputar a final em busca da medalha de ouro do torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Canadá e Suécia se deram bem e conquistaram a vaga para a final. Já Austrália e Estados Unidos, brigam pela medalha de bronze. 

Estados Unidos 0 x 1 Canadá 

No jogo que abriu as semifinais, Estados Unidos e Canadá se enfrentaram no Ibaraki Kashima Stadium. A primeira etapa da partida foi bem equilibrada, com poucas oportunidades de gol.

Na segunda etapa, a seleção estadunidense pressionou mais, buscando sair em vantagem. No entanto, quem abriu o placar foram as canadenses. Aos 25 minutos, em uma das poucas chegadas do Canadá ao ataque, Rose sofreu uma falta na grande área e após a revisão no VAR, a árbitra marcou a penalidade. Fleming bateu bem e colocou as canadenses à frente do placar. 

Seleção Canadense conquista sua primeira vaga em uma final olímpica. Foto: Twitter/FIFA Women’s World Cup

Aos 40 minutos, as estadunidenses tiveram a melhor chance para empatar com uma cabeçada de Lloyd, que acabou acertando o travessão. Com o resultado, o Canadá além de conseguir quebrar um tabu de 20 anos sem vencer os Estados Unidos, também conseguiu se classificar, pela primeira vez na história, para uma final olímpica. Já as estadunidenses, perderam pela primeira vez uma semifinal das Olimpíadas, depois de seis semis invictas.  

Austrália 0 x 1 Suécia 

Logo depois, foi a vez de Austrália e Suécia decidirem quem ficaria com a última vaga da final, no Yokohama Internacional. Esperava-se que a Suécia dominasse mais o jogo, só que não foi bem assim. Até a metade do primeiro tempo, a seleção sueca conseguiu controlar mas sem criar muitas chances. 

Depois a Austrália começou a gostar mais do jogo e ter mais finalizações, principalmente em jogadas de cobrança de falta. As australianas chegaram a marcar um gol com Sam Kerr, mas a arbitragem anulou por uma suposta falta da atacante.  

Suécia era uma das favoritas para chegar à final. Foto: Twitter/Seleção Sueca

Antes do primeiro minuto do segundo tempo, aos 37 segundos, a Suécia abriu o marcador. Rolfö aproveitou o rebote de um chute de fora da área da Angeldal, que bateu no travessão, e no bate-rebate dentro da pequena área, ela marcou o gol.

A Suécia ainda dominou a partida após o gol, mas a seleção australiana conseguiu ter mais volume de jogo, a partir dos 20 minutos, ficando perto do empate. Mesmo a Austrália estando melhor, não foi o suficiente para tirar a classificação da Suécia que foi mais eficiente nas poucas chances criadas. 

Briga pelas medalhas 

Na quinta-feira (05) serão decididas as seleções medalhistas das Olimpíadas. O EUA e a Austrália disputarão a medalha de bronze, às 5h da manhã (horário de Brasília), no Ibaraki Kashima Stadium.  

Já o Canadá e a Suécia entrarão em campo às 23h (horário de Brasília) para o duelo que vale a medalha de ouro, no Tokyo Stadium.