Seleção Brasileira vence a Argentina em amistoso preparatório em Campina Grande

Equipe comandada por Pia Sundhage iniciou com o pé direito a preparação para a Copa América de 2022

A Seleção Brasileira Feminina entrou em campo nesta sexta-feira (17), no Estádio Amigão, em Campina Grande/PB, para o primeiro compromisso após os Jogos Olímpicos de Tóquio. Com foco principal na preparação para a Copa América de 2022, o Brasil enfrentou a Argentina e venceu por 3 a 1, com gols de Debinha, Nycole e Angelina. Bonsegundo descontou para as argentinas. As duas equipes voltam a se enfrentar nesta Data FIFA na próxima segunda-feira (20), às 16h, no Estádio Almeidão, em João Pessoa/PB.

O JOGO
A partida começou com a Seleção Brasileira tomando as iniciativas no campo de ataque, mas com a Argentina marcando muito forte no meio campo. A primeira chegada do Brasil foi pela direita, após cruzamento de Bruninha, mas ninguém conseguiu completar. Aos sete minutos, Duda recebeu cruzamento e cabeceou para fora. 

Após um início de chegadas do Brasil, a Seleção Argentina passou a se fechar mais no meio campo e a Seleção Brasileira começou a ter dificuldades de criação e apostou na pressão na saída de bola para assustar as adversárias. O jogo ficou mais truncado e foram as jogadas com velocidade pelas laterais que ocasionaram mais perigo no campo de ataque brasileiro.

Aos 37 minutos, Ludmila recebeu em velocidade pela direita, cortou para o meio e tocou para Debinha, sozinha na área, chutar para abrir o placar para o Brasil. Na sequência, Ludmila recebeu novamente em velocidade, chegou à área e bateu forte, mas a goleira Correa defendeu e impediu o segundo do Brasil. A Argentina praticamente não assustou a defesa brasileira na primeira etapa.

Divulgação/AFA

A técnica Pia Sundhage fez três alterações para a volta do intervalo: Geyse, Katrine e Nycole entraram no lugar de Ludmila, Tamires e Marta. E as mudanças surtiram efeito logo de cara. Aos quatro minutos da segunda etapa, Bruninha carregou a bola e deu um belo passe por cima para Nycole ficar na cara do gol e marcar o segundo do Brasil na partida. 

A Seleção Brasileira voltou afim de ampliar o placar e marcou o terceiro com Angelina, aos 14 minutos. Após cobrança de falta na intermediária, Erika dominou na pequena área e a camisa 8 do Brasil só completou para o gol.

A técnica Pia Sundhage fez mais três mudanças durante a segunda etapa: entraram Ary, Thais e Victoria Albuquerque para a saída de Debinha, Duda e Kerolin. Mesmo com todas as mudanças, a Seleção Brasileira seguiu pressionando no ataque e teve as principais chances do segundo tempo.

Em uma das únicas chegadas da Argentina, Bonsegundo recebeu sozinha e bateu no canto de Lelê para diminuir o placar da partida, aos 27 minutos. A resposta brasileira veio com Ary, que recebeu de Nycole e quase marcou o quarto gol do Brasil na partida. Aos 35 minutos, Geyse avançou na área, mas a defesa argentina afastou o perigo. 

Ao fim da partida, Nycole ainda cobrou uma falta no travessão e Geyse perdeu uma chance clara na frente da goleira Correa, que defendeu. Sem mais chances para as equipes, a partida terminou com vitória do Brasil por 3 a 1. 

Talita Gouvêa/CBF

PRÓXIMA PARTIDA
Brasil e Argentina voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira (20), às 16h, no Estádio Almeidão, em João Pessoa/PB, para o segundo amistoso preparatório desta Data FIFA. A partida terá transmissão da TV Globo e do SporTV.