AVAÍ/KINDERMANN – As Caçadoras no Campeonato Brasileiro

Por: Emilia Sosa

Como uma das equipes de maior tradição dentro do futebol feminino nacional, o Kindermann começou os investimentos na modalidade em 2008, mas, em 2004, o clube já visava a valorização feminina no esporte com o grupo de futsal. Em 2008, ano de estreia das mulheres nos gramados, o time já se consagrou campeão estadual e chegou às semifinais da Copa do Brasil, perdendo de 3 a 0 para o campeão, Santos. 

O Kindermann esteve presente na primeira edição do Campeonato Brasileiro em 2013, fazendo parte do Grupo 2 e terminando a primeira fase em quarto lugar no grupo, com uma vitória, dois empates e uma derrota. Na edição de 2014, a equipe de Caçador foi finalista da competição e perdeu o título para a Ferroviária. Já em 2015, mais uma vez não passou da primeira fase da competição. Em 2016, o Kindermann disputou o Campeonato Brasileiro.

Em 2017, a CBF reformulou o Campeonato Brasileiro e foi criada a segunda divisão da competição, a Série A2. Neste ano, o Kindermann continuou como representante de Santa Catarina na série A1 e chegou até as quartas de final da competição, quando foi superado pelo Rio Preto. No segundo ano do novo regulamento, em 2018, as Caçadoras chegaram mais uma vez nas quartas de final e perderam para o Flamengo. 

Foto: Andrielli Zambonin

No ano de 2019, o Kindermann fechou uma parceria com o Avaí e se tornou o Avaí/Kindermann, e então, chegou às fases finais da competição, mais uma vez. Após vencer o Audax nas quartas de finais, a equipe de Caçador enfrentou a Ferroviária e perdeu nos pênaltis a vaga para a grande final. Já em 2020, o Avaí/Kindermann bateu mais uma vez na trave da conquista do título do Campeonato Brasileiro. As Caçadoras terminaram a primeira fase em sexto lugar com 27 pontos, oito vitórias, três empates e quatro derrotas. Nas quartas de final, superaram o Internacional e nas semi, eliminaram o São Paulo. Na grande final, o Avaí/Kindermann empatou em 0 a 0 o primeiro jogo, e perdeu de 4 a 2 na segunda partida.

No início deste ano, a parceria Avaí e Kindermann foi renovada por mais duas temporadas. Neste caso, o Avaí entra com um investimento financeiro e em contrapartida, o Kindermann apresenta bons resultados no futebol feminino. Com a colaboração, os mandos de campo dos jogos do Avaí/Kindermann, são intercalados entre Caçador, sede do Kindermann e o estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Para a temporada 2021, o Avaí/Kindermann renovou com as goleiras, Bárbara e Letícia, as zagueiras  Tuani, Carla , Simeia e Camila, as volantes, Patrícia Derrico, Karina e Tauane/Zoio, as meio-campistas, Paty e Sthephanie, a lateral, Bárbara, e as atacantes, Caty e Lelê. Apesar de manter a mesma base da equipe vice-campeã brasileira de 2020, o time teve baixas importantes como as saídas da lateral, Bruna Calderan, e das meio-campistas Julia Bianchi e Duda Santos. Mas, também conta com as chegadas das meio-campistas Vilma e Gaby, as laterais Fran e Carol, e das atacantes, Raiza e Larissa. 

Nos campeonatos de base, o Avaí/Kindermann disputou as duas edições do Brasileirão Feminino sub-16 e sub-18 em 2019 e 2020. 

Foto: Andrielli Zambonin

APELIDO DA EQUIPE: Caçadoras

MELHOR CAMPANHA: 2014 e 2020

FICHA TÉCNICA: 

Goleiras: Bárbara e Letícia

Zagueiras: Tuani, Carla , Simeia e Camila

Volantes: Patrícia Derrico, Karina e Tauane/Zoio

Meio-campo: Paty, Gaby, Vilma e Sthephanie 

Laterais: Carol, Bárbara e Fran

Atacantes: Catyellen, Lelê, Raiza e Larissa

Técnico: Jorge Barcellos

REDES SOCIAIS:
Twitter @AvaiKindermann
Instagram @avai.kindermann
Site: https://kindermannfutebol.com.br/

PRIMEIRO CONFRONTO: São José x Avaí Kindermann, 18/04, às 15h, estádio Martins Pereira.