Bahia vence Doce Mel e conquista o título do Baianão Feminino

O tricolor é bicampeão estadual

O Bahia se consagrou campeão baiano feminino de 2020/2021, neste sábado (16), em Pituaçu. Com gols de Gadú (3) e Dan, o Tricolor de Aço venceu o Doce Mel por 4 a 0 e levantou a taça do campeonato estadual com por 4 a 1 no agregado.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Doce Mel venceu o Bahia no último domingo pela partida de ida (10), da final. O destaque ficou para Sol, que no segundo tempo, marcou o gol que deu vantagem ao time de Jequié. Com o resultado de 1 a 0, para a segunda partida, o Doce Mel jogou por um empate, enquanto o Bahia precisava vencer por dois gols de diferença para ser campeão.

O início do segundo jogo foi de domínio tricolor, logo nos 4 minutos de partida, Luana sofreu o pênalti depois da chegada de duas defensoras. Aos 6 minutos, Gadu, artilheira do campeonato, abriu o placar para o tricolor. Logo depois, a equipe do Doce Mel se reorganizou taticamente e conteve a intensidade do Bahia. A partir daí, o tricolor perdeu a superioridade e ficou contido e o jogo ficou mais disputado.

As duas equipes só tiveram chances claras de gol aos 33 minutos, quando o Doce Mel, num contra ataque liderado por Sol, foi parado pela goleira Najla.

Mas, foi no final do primeiro tempo, aos 41 minutos, que Gadu ampliou o placar aproveitando a sobra da bola que bateu na trave, após cobrança de falta da lateral.

Na segunda etapa, Sol voltou a chegar no campo do Bahia aos 20 minutos de jogo, batendo forte no travessão que sai pela linha de fundo. Cinco minutos depois, a festa tricolor começou a se instaurar. Numa tabela rápida entre Luana, Gadu e Dan que mandou no cantinho da goleira, e marcou o terceiro.

Depois do gol, as Mulheres de Aço dominaram o jogo e aos 41 minutos, a centroavante Gadu decretou o triunfo ao marcar de cabeça, depois de um lançamento de Eddie e cravar 4×0 em Pituaçu.

Com o Triunfo, o time conquistou o segundo titulo estadual, o primeiro foi em 2019, contra o Juventude.