Com vários testes no time titular, Brasil não joga bem e perde o primeiro dos dois amistosos contra a Austrália

Foto: Thaís Magalhães/CBF

Depois de quase dois anos do último encontro entre Brasil e Austrália,  as duas equipes voltaram a se enfrentar em amistoso neste sábado (23), no Combank Stadium, em Sydney. As australianas fizeram valer o bom retrospecto diante da Seleção Brasileira e venceram por 3 a 1. Em uma partida com vários testes no time titular, o Brasil não conseguiu se encontrar nem na defesa, nem no ataque.  

Primeiro tempo

A Austrália começou melhor, ganhando bem no jogo físico e apostando nas infiltrações pelo lado da Tamires. Aos 10 minutos, as Matildas tiveram a chance mais perigosa com Yallop, que em jogada de velocidade, ficou cara a cara com a Lelê, que fez uma ótima defesa. 

Ao longo da primeira etapa, a Seleção Brasileira não conseguiu criar chances no ataque com o meio-campo. Ary Borges ainda encaixou alguns bons passes, principalmente enfiadas de bola em velocidades, mas não foi o suficiente. 

E o domínio australiano resultou em gol, aos 37 minutos, em cobrança de falta, Kerr subiu livre e cabeceou para Polkinghorne abrir o placar para as Matildas. 

Segundo tempo 

Na volta do intervalo, a técnica Pia fez quatro alterações: saíram Érika, Tamires, Ludmila e Gio, e entraram Taianara, Katrine, Geyse e Adriana. Logo aos 2 minutos, Adriana teve uma boa oportunidade pelo lado esquerdo, cortou para o meio e finalizou, mas a goleira Williams defendeu. 

Mesmo com as alterações, o Brasil continuou apresentando os mesmos problemas do primeiro tempo. A Austrália ainda dominando o jogo, ampliou o placar aos 20 minutos, em uma cobrança de lateral na grande área, a defesa brasileira estava desorganizada e Fowler cabeceou sem dificuldades. 

Dois minutos depois, a Seleção Brasileira ainda conseguiu dar uma resposta. Adriana aproveitou a falha defensiva australiana, roubou a bola, driblou e conseguiu diminuir para o Brasil.

Na busca pelo empate, a Pia fez mais duas substituições, entraram Marta e Debinha no lugar de Kerolin e Ana Vitória. Mas, aos 36, a defesa brasileira falhou mais uma vez. Catley cruzou para a área e van Egnond, entre duas marcadoras, finalizou e fez o terceiro gol das Matildas. 

Se na primeira etapa, a equipe brasileira ainda teve alguma consistência defensiva, na metade final do jogo, os erros de posicionamento na defesa junto com a falta de ofensividade foram determinantes para o resultado final. 

Próxima partida

Brasil e Austrália voltam a se encontrar na próxima terça-feira (26), também no Combank Stadium, na capital australiana, às 6h05. A partida terá transmissão do Sportv.