Corinthians vence a Ferroviária e é o primeiro finalista do Paulistão Feminino

Foto: Rodrigo Corsi/ Paulistão

Diante dos 3.718 torcedores alvinegros que voltaram às arquibancadas depois de 622 dias, Corinthians e Ferroviária entraram em campo na manhã deste domingo (31), na Arena Barueri, pelo segundo jogo da semifinal do Paulistão Feminino. Com a vantagem de um gol de diferença conquistada na partida de ida, a equipe corinthiana garantiu a vaga na final ao vencer o time de Araraquara por 4 a 1. 

Primeiro tempo

Os dez minutos iniciais do jogo deram uma tônica do que seria a primeira etapa. A Ferroviária precisava chegar ao ataque para reverter a desvantagem, mas não podendo se expor muito na defesa, enquanto o Corinthians conseguiu dominar criando várias chances, principalmente em jogadas de velocidade. 

Aos sete minutos, a equipe da casa teve a primeira chance do jogo. Tamires levantou a bola na área, Vic Albuquerque cabeceou com muito perigo, mas a goleira Luciana fez uma ótima defesa. 

Aos 27 minutos, Vic Albuquerque chegou na grande área, tocou para Tamires que vinha em velocidade pela esquerda. A capitã alvinegra chutou e mais uma vez Luciana fez uma ótima defesa. 

Seis minutos depois, mais uma chance perdida pelo time alvinegro. Diany lançou a bola para Tamires na esquerda, que cruzou rasteiro para Zanotti, mas ela acabou chutando para fora. Mesmo que Zanotti convertesse a finalização, não valeria nada, porque a arbitragem acabou marcando impedimento no lance. 

Já na reta final do primeiro tempo, as Guerreiras Grenás conseguiram ter duas ótimas oportunidades de sair na frente. Aos 39, Rafa Mineira aproveitou o espaço fora da grande área e finalizou muito bem, obrigando a goleira Natasha a fazer uma difícil defesa. Em seguida, foi a vez de Barrinha encontrar Raquel livre pelo lado esquerdo, que acabou finalizando para fora.

Só que nos acréscimos, o Corinthians, depois de muitas chances criadas, conseguiu abrir o placar. Vic Albuquerque deu um belo passe para Tamires, que em velocidade na esquerda, cruzou para Adriana chegar e finalizar para o gol.     

Segundo tempo

Logo no começo da segunda etapa, o Corinthians aumentou a sua vantagem. Gabi Portilho recebeu um lançamento de Diany pelo lado direito, cortou bem da defensora e tocou para Zanotti que livre, dentro da grande área, chutou para o gol. 

Para tentar reverter o placar, a técnica Roberta fez duas alterações na equipe da Ferroviária, saíram Daiane e Yasmin e entraram Ludmila e Luana. As substituições deixaram o time mais ofensivo, até que aos 19, Carol Tavares, pela lateral direita, observou que a goleira alvinegra estava um pouco adiantada e cruzou a bola que entrou para o fundo da rede, diminuindo para as Guerreiras Grenás. 

Mas, o Corinthians não demorou muito para responder, Diany encontrou bem Vic Albuquerque entre a linha defensiva da Ferroviária, a camisa 17 ficou na cara do gol e marcou o terceiro gol alvinegro. 

E nos acréscimos, em uma confusão na pequena área, a goleira Luciana acabou cometendo uma falta em Miriã e a arbitragem marcou o pênalti. Adriana converteu a penalidade, marcando o seu segundo gol na partida e confirmando o Corinthians na final do Paulistão. 

A outra decisão 

São Paulo e Santos decidem a segunda vaga da final do Paulistão, nesta segunda-feira (01), às 17h, também na Arena Barueri. A partida terá transmissão do Sportv, do Eleven Sports e no canal do YouTube e no streaming do Paulistão.