Brasil sai na frente, mas sofre a virada para a França no Torneio Internacional

A Seleção Brasileira enfrentou a França neste sábado (19), no Estádio Michel D’Ornano, pelo segundo jogo do Torneio Internacional da França. O Brasil saiu na frente com gol de Marta, mas sofreu a virada com dois gols de Katoto e conheceu a primeira derrota no torneio. Com o resultado, a seleção canarinho não tem mais chances de título na competição e encerra a participação na próxima terça-feira (22), contra a Finlândia.

Superioridade francesa

A França começou o jogo pressionando o Brasil e aproveitando os erros de passes do time brasileiro para chegar ao ataque. Pressionadas na defesa, as brasileiras tiveram muita dificuldade de sair jogando para o campo de ataque. 

Aos 9 minutos, Cascarino recebeu na pequena área, mas Rafaelle cortou com precisão para afastar o perigo. Aos 13, Katoto tentou o cruzamento, a bola desviou em Tamires e quase assustou Lelê. 

Os erros de passe da seleção brasileira ficaram evidentes quando Marta tentou um toque para o lado e errou, sendo facilmente interceptada pela defesa francesa.

O Brasil chegou poucas vezes ao ataque na primeira etapa, mas teve dos pés de Debinha a grande chance. A camisa 9 do Brasil avançou pela área e foi derrubada, sofrendo o pênalti. Marta, no dia de seu aniversário, pegou a bola e bateu com direito a cavadinha para abrir o placar para o Brasil, aos 18 minutos. 

Thaís Magalhães/CBF

A resposta da França veio com uma falha do time brasileiro. Em bola lançada na área, Lelê saiu e não conseguiu ficar com a bola, que sobrou livre para Katoto empatar a partida, aos 22 minutos. 

As brasileiras sentiram o golpe, mas tentaram atacar e tiveram nos pés de Karolin as melhores oportunidades no fim da etapa inicial. A primeira foi em um lançamento de Ary, mas Kerolin finalizou em cima da goleira Peyraud-Magnin.

Quase ao fim do primeiro tempo, Kerolin avançou pela esquerda, entrou na área e cruzou, mas ninguém chegou para completar. 

Sem mais chances para as seleções, a primeira etapa terminou empatada em 1 a 1.

Mesmo cenário

O segundo tempo iniciou da mesma forma do primeiro: com a França no campo de ataque. Aos 6 mintutos, Sandie Toletti recebeu sozinha e cabeceou para o gol, mas Lelê fez boa defesa.

O Brasil seguiu sem se acertar no meio campo. Os erros de passes facilitaram para a França se recompor e voltar ao campo de ataque. Em jogada pela esquerda, Katoto recebeu na área e antecipou para virar o placar para as francesas aos 14 minutos.

A técnica Pia Sundhage fez três mudanças na seleção na segunda etapa: saíram Kerolin, Angelina e Debinha para a entrada de Adriana, Duda e Ludmila. As substituições surtiram efeito e as brasileiras passaram a pressionar mais no campo de ataque, mas os erros de passes seguiram dificultando para o Brasil.

Pia Sundhage seguiu fazendo mudanças no Brasil: Gio, Fê Palermo e Ana Vitória entraram no lugar de Ary Borges, Antônia e Luana. Mesmo com as mudanças, a seleção francesa conseguiu seguir no campo de ataque, e os lances de perigo do Brasil se limitavam apenas aos contra-ataques, mas sem perigo para a defesa francesa.

Sem mais chances para o empate e sofrendo com a superioridade francesa durante toda a partida, a Seleção Brasileira saiu derrotada por 2 a 1.

FFF

PRÓXIMA PARTIDA

A Seleção Brasileira encerra a participação no Torneio Internacional da França na próxima terça-feira (22), às 14h, diante da Finlândia. O duelo terá transmissão do SporTV. 

Mariana Santos
Jornalista. Do campo, quadra e areia, encontrei no jornalismo a junção de duas paixões, o esporte e a comunicação. No Fut das Minas, a missão mais importante: escrever sobre o protagonismo das mulheres no futebol e no mundo. Comentarista às vezes. Palpiteira sempre.