Brasileirão Feminino Sub-20: tudo que você precisa saber sobre a competição que inicia nesta terça-feira (03)

Fut das minas
Thais Magalhães/CBF

A base vem forte e os campeonatos não podem parar: o Brasileirão Feminino sub-17 terminou neste domingo (01), e pra ninguém ficar com saudade, começa nesta terça-feira (03) o Brasileirão Feminino Sub-20. Será a primeira edição no novo formato, substituindo o sub-18 das três edições anteriores. A primeira e segunda fase da competição serão disputadas em sede única e continuará em Santana do Parnaíba (SP), assim como foi o sub-17.

Primeira fase

Na primeira fase da competição, as 24 equipes participantes foram divididas em 6 grupos com 4 times em cada. O sorteio foi realizado pela CBF, tendo como cabeças de chave de cada grupo o campeão, vice-campeão, terceiro, quarto, quinto e sexto lugar do Brasileirão Sub-18 (edição de 2021). Nesta etapa, as equipes se enfrentam em jogos de turno e returno e se classificam para a segunda fase os líderes de cada grupo, além dos dois melhores segundos colocados entre os grupos. 

Grupo A: Atlético – GO, Cuiabá, Minas Brasília e São Paulo;

Grupo B: Botafogo – PB, Corinthians, Juventude e Avaí/Kindermann;

Grupo C: Atlético – MG, Ferroviária, Fortaleza e Vasco da Gama;

Grupo D: América – MG, Coritiba, Grêmio e Internacional;

Grupo E: Cresspom, Flamengo, Fluminense e Goiás;

Grupo F: Botafogo – RJ, Ceará, Esmac e Santos.

Caso haja empate entre os primeiros colocados, são critérios de desempate, nesta ordem: maior número de vitórias; maior saldo de gols; maior número de gols pró; menor número de cartões vermelhos recebidos; menor número de cartões amarelos recebidos; sorteio.

Fases seguintes da competição

A segunda fase é a única em que os clubes se enfrentam em turno único dentro de cada grupo, já que na semi e na final, as partidas voltam a ser de ida e volta, assim como a primeira fase. 

Além disso, a partir da semifinal, os clubes saem de Santana do Parnaíba (SP) e vão jogar no estado de sua federação.

2ª fase:

Grupo G: 1º Grupo A, D, F e 2º melhor 2º colocado.

Grupo H: 1º Grupo B, C, E e 2º melhor colocado.

Semifinal:

Grupo I: Líder Grupo G x 2º colocado Grupo H

Grupo J: Líder Grupo H x 2º colocado Grupo G

Final:

Líder Grupo I x Líder Grupo J

Procedimentos técnicos do Brasileirão Feminino sub-20

Os clubes puderam inscrever atletas até o dia 27/05/2022. É permitida a participação de atletas que, no dia 02/05/2022, tenham entre 14 e 20 anos.

As partidas terão duração de 80 minutos, divididas em dois tempos de 40 e com intervalo de 15 minutos entre eles.

É permitida a substituição de 6 atletas por jogo, respeitados os 3 atos de substituição durante a partida.

Transmissão

Entramos em contato com a assessoria da CBF que confirmou que não haverá transmissão oficial por parte da entidade, assim como no Brasileirão Feminino sub-17, em que Vilson, pai da goleira do São Paulo, Nanda, assumiu esse papel, transmitindo os jogos pelo seu instagram. 

Datas e confrontos da competição

A primeira fase tem início na próxima terça-feira (03) e vai até o dia 14 de maio. A segunda fase acontece nos dias 23, 25 e 27 de maio. A semifinal e a final vão acontecer entre junho e julho. Confira os jogos da primeira fase:

Terça-feira: 3 de maio

8h30: Cuiabá x São Paulo

10h30: Atlético-GO x Minas Brasília-DF

14h00: Juventude x Corinthians

16h: Botafogo-PB x Kidermann-SC

18h30: Atlético-MG x Ferroviária-SP

20h30: Fortaleza x Vasco

Quarta-feira: 4 de maio

8h30: América-MG x Internacional

10h30: Grêmio x Coritiba

14h: Flamengo x Fluminense

16h: Cresspom-DF x Goiás

18h30: Botafogo x Santos

20h30: Ceará x ESMAC-PA

Quinta-feira: 5 de maio

8h30: Juventude x Botafogo-PB

10h30: Corinthians x Kindermann-SC

14h00: Atlético-MG x Fortaleza

16h00: Ferroviária-SP x Vasco

18h30: Cuiabá x Atlético-GO

20h30: São Paulo x Minas Brasília-DF

Sexta-feira: 6 de maio

8h30: Flamengo x Cresspom-DF

10h30: Fluminense x Goiás

14h00: Botafogo x Ceará

16h00: Santos x ESMAC-PA

18h30: América-MG x Grêmio

20h30: Internacional x Coritiba

Sábado: 7 de maio

8h30: Vasco x Atlético-MG:

10h30: Fortaleza x Ferroviária-SP

14h00: Minas Brasília-DF x Cuiabá

16h00: Atlético-GO x São Paulo

18h30: Kindermann-SC x Juventude

20h30: Botafogo-PB x Corinthians

Domingo: 8 de maio

8h30: ESMAC-PA x Botafogo

10h30: Ceará x Santos

14h: Coritiba x América-MG

16h: Grêmio x Internacional

18h30: Goiás x Flamengo

20h30: Cresspom DF x Fluminense

Segunda-feira: 9 de maio

8h30: Atlético-MG x Vasco

10h30: Ferroviária-SP x Fortaleza

14h00: Cuiabá x Minas Brasília-DF

16h00: São Paulo x Atlético-GO

18h30: Juventude x Kindermann-SC

20h30: Corinthians x Botafogo-PB

Terça-feira: 10 de maio

8h30: Botafogo x ESMAC

10h30: Santos x Ceará

14h: América-MG x Coritiba

16h: Internacional x Grêmio

8h30: Flamengo x Goiás

20h30: Fluminense x Cresspom-DF

Quarta-feira: 11 de maio

8h30: Minas Brasília-DF x São Paulo

10h30: Atlético-GO x Cuiabá

14h: Botafogo-PB x Juventude

16h: Kindermann-SC x Corinthians

18h30: Fortaleza x Atlético-MG

20h30: Vasco x Ferroviária-SP

Quinta-feira: 12 de maio

8h30: Grêmio x América-MG

10h30: Coritiba x Internacional

14h: Cresspom-DF x Flamengo

16h: Goiás x Fluminense

18h30: Ceará x Botafogo

20h30: ESMAC-PA x Santos

Sexta-feira: 13 de maio

8h30: Kindermann-SC x Botafogo-PB

10h30: Corinthians x Juventude

14h: Vasco x Fortaleza

16h: Ferroviária-SP x Atlético-MG

18h30: Minas Brasília-DF x Atlético-GO

20h30: São Paulo x Cuiabá

Sábado: 14 de maio

8h30: Goiás x Cresspom-DF

10h30: Fluminense x Flamengo

14h: ESMAC-PA x Ceará

16h: Santos x Botafogo

18h30: Coritiba x Grêmio

20h30: Internacional x América-MG.

Isabelle Galvão
Diretamente do interior de São Paulo, da cidade da laranja e das Guerreiras Grenás, saí de Araraquara pra fazer direito no Rio de Janeiro, mas percebi que fiz errado (o curso). Apesar da OAB me considerar advogada, é no jornalismo que eu encontro minha verdadeira missão e nos esportes, a minha verdadeira paixão. Desde pequena, do karatê, passando pelo ballet e finalmente chegando ao futebol, o esporte sempre esteve na minha vida, seja praticando ou acompanhando. E é no futebol feminino que junto minha missão, minha paixão e meu refúgio.