Em rodada de goleadas, Palmeiras abriu vantagem na liderança; confira os detalhes da 7ª rodada do Brasileirão Feminino

Luiz Guilherme Martins/Palmeiras

A 7ª rodada do Brasileirão Feminino 2022 começou no domingo (24) com seis jogos e terminou nesta segunda-feira (25) com mais dois duelos. Em uma rodada cheia de goleadas, os times visitantes se deram melhor, vencendo quatro dos oito jogos da rodada, que só teve um empate. Confira como foram os confrontos:

Palmeiras 4×1 Real Brasília 

O Palmeiras, líder do Brasileirão Feminino, recebeu o Real Brasília no domingo (24), no Canindé, para seguir na parte mais alta da tabela. Logo aos 10 minutos de jogo, Duda abriu o placar para as Palestrinas após passe de Day Silva. A chance do segundo veio dos pés de Bia Zaneratto, que driblou a goleira Dida, mas foi travada pela defesa das Leoas do Planalto, aos 16 minutos.

Na sequência, a resposta do Real Brasília veio dos pés de Maria Dias, que empatou a partida. As Palestrinas seguiram no campo de ataque para buscar o resultado e tiveram chances com Duda Santos e Bia Zaneratto.

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou disposto a decidir o jogo e marcou três gols logo nos primeiros dez minutos. Aos quatro, Bia Zaneratto arriscou de fora da área e ampliou o placar para as paulistas. Na sequência, Chú também bateu de fora da área e marcou o terceiro gol alviverde. Aos nove minutos, Bruna Calderan aproveitou o rebote no chute de Duda Santos e fechou o placar em 4 a 1 para o Palmeiras no Canindé.

Staff Images Woman / CBF

Avaí/Kindermann 1×0 Red Bull Bragantino

Em Caçador, o Avaí/Kindermann recebeu o Red Bull Bragantino, no domingo (24), sendo o time paulista o único que chegou a 7ª rodada sem vitória na competição. O RB Bragantino teve espaços no campo de ataque, mas não aproveitou. Pelo lado das donas da casa, a melhor chance veio dos pés de Roqueline, que recebeu de Kamila e finalizou, mas a bola passou acima do gol.

Na etapa final, as donas da casa tomaram o controle do jogo e mais uma vez com Roqueline quase abriram o placar, logo no primeiro minuto do segundo tempo. Em cobrança de escanteio, Arrieta cruzou fechado e por pouco não marcou um gol olímpico para as Leoas. 

O gol que definiu o resultado da partida saiu dos pés de Laís, aos 18 minutos da segunda etapa. Vilma lançou para a atacante, que de primeira, bateu para marcar para o Avaí/Kindermann. O time da casa seguiu pressionando, mas a defesa do Red Bull conseguiu afastar o perigo. Sem mais chances, vitória das Leoas por 1 a 0 sobre as Bragantinas. 

Deiviane Velho

Cresspom 0x3 Atlético-MG

Em mais um jogo na tarde de domingo (24), o Cresspom enfrentou o Atlético-MG, no Estádio Abadião, em busca de se afastar da zona de rebaixamento do Brasileirão Feminino. A partida na primeira etapa foi muito disputada no meio campo, e mesmo com as Vingadoras no campo de ataque, as donas da casa conseguiram segurar o resultado de empate.

No segundo tempo, a pressão do Atlético-MG seguiu e logo aos três minutos, Marta abriu o placar para as Vingadoras. Aos 15 minutos, foi a vez da zagueira Bruna Cotrim subir mais alto após cobrança de escanteio e marcar o segundo do Atlético-MG. O time da casa pouco conseguiu criar na segunda etapa e viu as adversárias fecharem o placar aos 24 minutos com Nathane Fabem. 

Reprodução/Galo Feminino

Esmac 1×4 São Paulo

A Esmac recebeu o São Paulo no Baenão, no domingo (24), também buscando sair da zona de rebaixamento do Brasileirão Feminino. Mesmo precisando da vitória, as donas da casa viram o São Paulo sair na frente com um bela finalização de Rafa Travalão, aos três minutos. Mas, conseguiram o empate aos 12 minutos.

Em mais uma chegada do Tricolor, Carol tocou para Rafa Travalão marcar o segundo dela e das são-paulinas na partida, aos 16 minutos. Ainda na primeira etapa, Fe Palermo subiu na primeira trave e ampliou de cabeça.

Na etapa final, a Esmac teve mais espaços para jogar e o São Paulo administrou o resultado construído no primeiro tempo. Mesmo assim, quem conseguiu ampliar foi novamente o Tricolor. A atacante Cacau recebeu e bateu por cobertura para decretar a vitória do São Paulo por 4 a 1 no Baenão.

Gabriela Montesano / saopaulofc 

Internacional 1×1 Flamengo 

Internacional e Flamengo se enfrentaram no domingo (24), no Estádio Cristo Rei, buscando seguir no pelotão de cima da tabela do Brasileirão. As Gurias Coloradas tentaram chegar ao ataque, mas pararam na defesa bem postada das rubro-negras. Aos 18 minutos, Isa Haas fez pênalti em Leidiane ao tentar a marcação dentro da área e deu a chance para o Flamengo abrir o placar. Duda partiu para a bola e bateu no lado direito de Mayara para marcar para as rubro-negras. 

O Internacional passou a buscar o empate, mas as chances coloradas pararam nas mãos da goleira Kaká, com boa atuação no duelo. A pressão gaúcha durou até os minutos finais da primeira etapa, quando Duda encontrou Millene Fernandes em contra-ataque e a camisa 14 empatou o jogo no Cristo Rei, aos 44 minutos.

No segundo tempo movimentado, as duas equipes buscaram a vitória no duelo. Aos 24 minutos, Monalisa chutou de fora da área e a bola bateu no travessão. A resposta do Inter veio dos pés de Duda, e Kaká defendeu em dois tempos. Sem mais chances, a partida terminou empatada em 1 a 1.

João Callegari/Gurias Coloradas

Ferroviária 0x1 Cruzeiro

Para seguir na cola do líder Palmeiras, a Ferroviária recebeu o Cruzeiro no domingo (24), no último duelo do dia, na Fonte Luminosa. As donas da casa chegaram a abrir o placar com Luana, mas a arbitragem assinalou falta na goleira Rubi e anulou o gol. As Guerreiras Grenás continuaram no campo de ataque e tiveram chances de abrir o placar no primeiro tempo com Carol Tavares, Laryh e Barrinha, mas a goleira das Cabulosas fez grandes defesas. 

Na segunda etapa, a Ferroviária tentou pressionar no campo de ataque, mas quem saiu na frente foi o Cruzeiro. Aos 12 minutos, Rafa Andrade cobrou falta com categoria e abriu o placar na Fonte Luminosa. Até os minutos finais, as donas da casa ainda buscavam o empate, mas sem precisão, pararam no forte poder defensivo das Cabulosas na partida. Sem mais tempo para o empate, o jogo terminou com vitória do Cruzeiro por 1 a 0.

Lucas Marcelino / Portal Matão Informa

São José 0x5 Corinthians

O São José enfrentou o Corinthians nesta segunda-feira (25), no Estádio Martins Pereira. O Corinthians começou pressionando e, aos 28 segundos, Jheni quase marcou o primeiro do Timão. Dominando a partida e com chances desperdiçadas, o Corinthians só chegou ao primeiro gol aos 40 minutos da primeira etapa. Gabi Zanotti recebeu de Jaqueline e bateu no canto para fazer o primeiro gol alvinegro. Na sequência, mais um dela. Tamires cruzou na área, a bola bateu no travessão e voltou para Zanotti ampliar para as alvinegras. 

Na segunda etapa, o Corinthians seguiu com a posse de bola e pressionando no campo de ataque. Aos 15 minutos, Gabi Zanotti levantou a bola na área, e no rebote da defesa, Adriana dominou e marcou o terceiro do Timão. O quarto veio dos pés da artilheira da tarde, Gabi Zanotti, que dominou na entrada da área e acertou um belo chute para ampliar para as Brabas. 

Sem dar chances às adversárias, o quinto foi questão de tempo e, aos 28 minutos da etapa final, Jheni deu números finais ao duelo paulista. A camisa 9 das alvinegras recebeu lançamento, avançou e bateu na saída da goleira Jéssica para fechar a conta em 5 a 0 para o Corinthians.

Rodrigo Gazzanel/Corinthians

Santos 2×1 Grêmio 

Para fechar a 7ª rodada do Brasileirão Feminino, o Santos recebeu o Grêmio nesta segunda (25), na Vila Belmiro. As donas da casa começaram pressionando no campo de ataque e logo tiveram a primeira chance de abrir o placar. Cristiane recebeu de Jane, avançou e foi derrubada na área e a arbitragem marcou pênalti para o Santos, aos oito minutos. Cris foi para a cobrança e bateu no canto direito de Lorena, que foi buscar e impediu o primeiro das Sereias na partida.

Aos 10 minutos, a artilheira do Brasileirão se redimiu. Após cobrança de escanteio, Cris cabeceou para o gol e abriu o placar na Vila Belmiro. As Gurias Gremistas avançaram a equipe para buscar o empate, que saiu dos pés de Jéssica Soares, aos 20 minutos. A camisa 6 pegou de primeira dentro da área e marcou um golaço para empatar a partida. 

A resposta das Sereias da Vila veio com Jane, que recebeu lançamento de Brena, driblou a goleira Lorena, mas a bola ganhou velocidade e a camisa 8 não conseguiu completar para o gol. Aos 28 minutos, após cobrança de escanteio, Lorena deu o rebote e Thaisinha colocou o Santos novamente na frente no placar. 

A segunda etapa voltou movimentada com as duas equipes buscando o gol. Com chances para os dois lados, a partida ganhou velocidade e tanto Santos quanto Grêmio ficaram perto de marcarem mais gols. No final da segunda etapa, as Sereias tiveram chances de ampliar, mas a defesa do Grêmio afastou. Sem mais chances, o Santos venceu por 2 a 1 na Vila Belmiro.

Reprodução/Sereias da Vila

Confira os jogos da 8ª rodada:

Sábado (30)

Palmeiras x Internacional – 11h

Grêmio x Cresspom – 16h

Domingo (01)

Corinthians x Ferroviária – 11h

Real Brasília x Avaí/Kindermann – 15h

Flamengo x Esmac – 15h

Cruzeiro x São José – 15h

São Paulo x Red Bull Bragantino – 15h

Segunda-feira  (02)

Atlético-MG x Santos – 17h30

Mariana Santos
Jornalista. Do campo, quadra e areia, encontrei no jornalismo a junção de duas paixões, o esporte e a comunicação. No Fut das Minas, a missão mais importante: escrever sobre o protagonismo das mulheres no futebol e no mundo. Comentarista às vezes. Palpiteira sempre.