//Seleção brasileira pressiona mas sofre derrota para os Estados Unidos na SheBelieves Cup

Seleção brasileira pressiona mas sofre derrota para os Estados Unidos na SheBelieves Cup

No embate mais difícil da competição, Rapinoe marca no final e decide a partida

Por: Fabiana Sousa

Neste domingo (21), a seleção brasileira entrou em campo em jogo válido pela segunda rodada da SheBelieves Cup, em Orlando. Enfrentando a seleção anfitriã e atual campeã, o Brasil foi derrotado por 2×0 com gols no início e no fim do jogo e perdeu a primeira na competição. 

Os gols da seleção americana foram marcados por Christen Press e Megan Rapinoe. O time brasileiro fez uma boa partida mas sofreu com a falta de finalizações e desgaste no segundo tempo. 

Primeiro tempo: 

A seleção americana começou pressionando. No primeiro minuto Williams entrou na área pela direita e chutou cruzado, mas Bárbara espalmou fazendo uma boa defesa. Aos 10 minutos, numa jogada de velocidade, Earth avançou pela esquerda e tocou para Press, que dominou na área, cortou a zagueira Bruna Benitez e bateu no contrapé da Bárbara, abrindo o placar para a seleção americana. 

Foto: Uswnt Redes Sociais

O Brasil respondeu poucos minutos depois, em um contra-ataque de Debinha, que rolou pela esquerda para Ludmila que demorou para finalizar e acertou a defesa americana. 

O time brasileiro começou a se encontrar em campo após a metade do segundo tempo. Subindo as linhas de marcação, jogando concentrado pelo lado esquerdo e com apoio da Tamiris, a aniversariante da semana, Marta, ganhou mais liberdade atuando bem a frente. Julie Ertz seguiu ditando o ritmo da seleção americana, que apesar da aproximação brasileira, fazia uma boa partida pelo meio de campo. 

Os EUA voltou a chegar na área brasileira aos 42, com um cabeceio para fora de Alex Morgan. O Brasil por pouco não empatou após uma jogada de Debinha, que entrou na área e rolou para Ludmila que cruzou fechado para Bia Zaneratto, mas a atacante não chegou a tempo na bola. O time canarinho sofreu com a falta de capricho nas finalizações. 

Segundo tempo:

A atacante Christen Press continuou dando trabalho pra equipe brasileira na segunda etapa, antes do primeiro minuto ela driblou três brasileiras chegando na linha de fundo e chutou cruzado, Bárbara fez o corte. Aos 10 minutos a técnica Pia Sundhage tirou a meia Bia Zanerato e colocou em campo a atacante Julia Bianchi, ela passou a jogar no meio campo junto com Andressinha, enquanto Andressa Alves ficou mais avançada. 

Foto: Uswnt Redes Sociais

Apesar de melhor em campo, o Brasil começou a sofrer fisicamente. Pia colocou em campo Jucinara e Cristiane, para a saída de Kathellen e Andressa Alves, respectivamente. Na equipe americana, Megan Rapinoe entrou no lugar de Press. 

Aos 36 minutos Debinha perdeu outra boa oportunidade após um lançamento pela esquerda de Marta. Mesmo pressionando e perto do gol de empate, aos 42’, Lindsey Horan cruzou a bola para Rapinoe que se antecipou e chutou de primeira, decretando a vitória para a equipe americana. 

Última rodada: Canadá 

O Brasil volta a campo na próxima quarta-feira (24), às 18h, contra o Canadá. A partida marca o último jogo da seleção e a decisão na SheBelieves Cup. 

Com uma vitória e uma derrota, a seleção perde a primeira colocação na tabela para a equipe americana.