Golaço digital: os times brasileiros de futebol feminino que lideraram as redes sociais em 2021

A temporada de 2021 do futebol feminino acabou e novamente a modalidade voltou a registrar números expressivos de audiência, visibilidade e presença de público nos estádios. Nas redes sociais, o crescimento não foi diferente. Desde o começo da temporada, os perfis oficiais dos clubes no Twitter e Instagram tiveram um aumento significativo de engajamento, com curtidas, comentários e compartilhamentos. 

Dos 16 clubes que participaram da Série A1 do Brasileirão Feminino em 2021, somente cinco (São Paulo, Cruzeiro, Grêmio, Bahia e Flamengo) ainda não possuem perfis próprios para a modalidade. O Flamengo, que tem parceria com a Marinha, usa o perfil @TimeFlamengo, que registra também outras modalidades do clube, além de divulgar as informações do futebol feminino.

Já entre os quatro clubes que subiram da Série A2 para a A1 em 2022, Red Bull Bragantino, Atlético-MG, Esmac e Cresspom, apenas o Red Bull Bragantino não possui perfil próprio para o futebol feminino nas redes sociais. 

Destaque dentro e fora de campo

O grande destaque entre os clubes da Série A1 de 2021 nas redes sociais foi o time campeão de tudo também dentro de campo, o Corinthians. A equipe alvinegra iniciou a principal competição nacional com 123 mil seguidores no Twitter e mais de 668 mil no Instagram. Ao final da temporada, e com a conquista do Campeonato Brasileiro, da Copa Libertadores e Campeonato Paulista, o Timão chegou a marca de 234,5 mil seguidores no Twitter e o expressivo número de 867 mil seguidores no Instagram, sendo o time feminino mais seguido da América na rede. 

Post comemorativo do Instagram do Corinthians Feminino com uma foto da equipe se abraçando no centro e um texto acima, dizendo: 800 mil.
Reprodução/Instagram

Em dezembro, o time se tornou o 9º time feminino mais seguido do mundo no Twitter, ultrapassando o Paris Saint-Germain. 

Números expressivos

Dentre os clubes que disputaram a Série A1 do Brasileirão Feminino em 2021, Santos e Internacional também foram destaque no crescimento de seguidores nas redes sociais. O perfil das Sereias da Vila no Twitter cresceu em 11 mil seguidores desde o começo do Brasileirão, chegando a 21,6 mil em dezembro. No Instagram, o clube alvinegro alcançou a marca de 152 mil seguidores (+19 mil). 

Post comemorativo do Instagram das Sereias da Vila, com uma foto da equipe em marca d'água e, por cima e no centro da tela, o texto: SOMOS 150 mil.
Reprodução/Instagram

O perfil das Gurias Coloradas no Twitter passou de 38,6 mil seguidores para 46,2 (+7,6 mil). No Instagram, o crescimento foi ainda maior: o clube alcançou cerca de 74,8 mil seguidores, com um aumento de mais de 13 mil em relação ao início do Brasileirão, quando tinha pouco mais de 61 mil seguidores. 

Novos perfis

O Palmeiras, vice-campeão do Campeonato Brasileiro de 2021, lançou um perfil exclusivo no Twitter para o futebol feminino (Palmeiras_FEM) em 17 de abril, data do início do Brasileirão. Desde lá, o clube conquistou 43,1 mil seguidores na rede social. No Instagram as palestrinas ainda não tem um perfil exclusivo para a modalidade.

Outra equipe que investiu na criação de um perfil exclusivo para o time feminino no Twitter em 2021 foi o Vasco. Com o perfil (vasco_feminino) desde novembro, o clube chegou a 18,4 mil seguidores ao fim da temporada. 

Destaques de engajamento 

Ao longo do ano, diversos clubes do futebol feminino brasileiro figuraram entre os principais perfis em números de engajamento nas redes sociais, como aponta o ‘Deportes&Finanzas’ (DF), site que calcula e analisa métricas de engajamento nas redes sociais, como curtidas, comentários e compartilhamentos.

O segundo semestre, período das fases decisivas das competições, levou os times brasileiros a boas colocações nos rankings de interações divulgados pelo DF. Entre os clubes brasileiros que apareceram melhores rankeados durante o ano, se destacam três: Corinthians, Atlético-MG e Palmeiras. 

Poderoso Timão 

O Corinthians chegou a liderar o ranking de interações no Twitter e no Instagram entre os perfis de clubes femininos da América. No Instagram, o Timão foi o time feminino da América com mais interações em agosto, setembro e outubro. Em agosto o perfil bateu mais de 889 mil interações, entre comentários, curtidas e compartilhamentos, seguido por 1,88 milhão de interações em setembro e 1,13 milhão em outubro.

Com os números, o time paulista foi terceiro no ranking mundial de interações no Instagram em setembro, ficando atrás apenas do perfil feminino do Arsenal (2,77 mi) e do Chelsea (2,45 mi). 

No Twitter, o Corinthians ficou na segunda posição no ranking mundial em engajamento em setembro, com 627 mil interações, atrás do Arsenal com 1,3 mi. E no mesmo mês da conquista do tricampeonato brasileiro, o Timão ficou na 14º colocação geral entre clubes da América, sendo o único perfil feminino a aparecer no ranking de 20 times.

Em outubro, o alvinegro foi o segundo da América e o quinto do mundo, com 375 mil interações na rede. No mês, o Timão ainda ficou em 20º no ranking geral da América, entre perfis de times femininos e masculinos. Em novembro, o Timão liderou o ranking de interações da América, com 752 mil interações, sendo o terceiro do mundo, atrás novamente de Arsenal (1,02 mi) e Chelsea (984 mil), e o 12º no ranking geral da América, entre perfis de times femininos e masculinos.

Galo forte e vingador

Campeão mineiro de 2021 e classificado à Série A1 de 2022, o perfil do time feminino do Atlético-MG (@GaloFFeminino) teve grande interação no Twitter, figurando entre os principais rankings de engajamento em vários meses, com destaque para o quarto lugar entre clubes femininos da América em novembro, com mais de 127 mil interações, a sexta colocação em outubro, com 96,4 mil e a sétima posição em setembro com 78,5 mil interações na rede. 

O perfil do time mineiro, inclusive, chegou à final da ‘Copa do Mundo do Twitter’, realizada pelo perfil do Deportes&Finanzas, concorrendo com o Tigres, do México, o posto de melhor time feminino do Twitter. 

Alviverde imponente 

O perfil do Palmeiras Feminino no Twitter, criado em abril, também teve destaque especial no ranking do DF, alcançando o terceiro lugar da América entre clubes femininos em setembro, com 166 mil interações e a quinta colocação em agosto e outubro, com 145 mil e 101 mil interações, respectivamente. 

Perfil oficial 

O perfil oficial do Campeonato Brasileiro Feminino A1 (@BRFeminino) também teve um aumento considerável no número de seguidores desde o início da competição. Antes da bola rolar pelo campeonato, o perfil acumulava mais de 107,5 mil seguidores no Twitter e mais de 129 mil no Instagram. Ao fim da temporada, o número no Twitter chegou a 127,1 mil (+19.6 mil) e no Instagram o número saltou para mais de 181 mil seguidores, com o aumento de mais de 52 mil seguidores.

Confira o levantamento completo com os números de seguidores aqui.

Mariana Santos
Jornalista. Do campo, quadra e areia, encontrei no jornalismo a junção de duas paixões, o esporte e a comunicação. No Fut das Minas, a missão mais importante: escrever sobre o protagonismo das mulheres no futebol e no mundo. Comentarista às vezes. Palpiteira sempre.