Quanto vale a Copa América para a Seleção Feminina?

Lucas Figueiredo/CBF

A bola rola oficialmente daqui a uma semana na Copa América Feminina 2022. O confronto entre Bolívia e Equador abre as disputas do torneio continental no dia 8 de julho, às 18h, no Estádio Pascual Guerrero. Em busca do oitavo título, a Seleção Brasileira estreia no dia 9 de julho, às 21h, contra a Argentina. 

Favoritismo brasileiro

Vencedora de sete das oito edições da Copa América Feminina, a Seleção Brasileira chega para a 9ª edição como a equipe a ser batida. Favorita para o título, a competição servirá como parâmetro para a seleção no cenário sul-americano, além de formar uma base de atletas para o próximo Mundial. 

Buscando a renovação da seleção, a técnica Pia Sundhage levará à Colômbia um grupo que mescla juventude e experiência, e aposta nos novos nomes do setor ofensivo do Brasil. 

Como desafio para a Seleção Brasileira, o torneio continental deste ano reunirá seleções melhores tecnicamente do que nas edições anteriores e também atletas que estão se destacando na modalidade, inclusive em solo brasileiro. 

Além disso, a disputa da Copa América deste ano vale muito para as seleções. Pela primeira vez a competição terá uma premiação em dinheiro, assim como garantirá vagas diretas ao Mundial de 2023 e aos Jogos Olímpicos de 2024. A vencedora também representará o continente na ‘Finalíssima’. Veja o que está em disputa na Copa América. 

Vagas para Copa do Mundo e Olímpiadas 

Além de confirmar a superioridade na América do Sul, a Copa América 2022 garante vagas diretas para a Copa do Mundo de 2023, na Austrália e Nova Zelândia, e também para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. 

As três primeiras seleções da competição garantem vaga no Mundial e a campeã e vice-campeã também carimbam o passaporte para as Olimpíadas de Paris.

Os times que ocuparem a quarta e quinta posições da Copa América 2022 disputarão um playoff mundial por duas vagas na Copa do Mundo de 2023. Já as seleções que ficarem com a terceira, quarta e quinta posições na fase final se classificam diretamente para os Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023.

A Seleção Brasileira nunca ficou de fora da Copa do Mundo Feminina ou dos Jogos Olímpicos. O Brasil esteve na Copa do Mundo Feminina da FIFA desde a primeira disputa em 1991, na China. As melhores campanhas da seleção foram em 1992, quando ficou com o terceiro lugar, e o vice-campeonato mundial em 2007.

Em Jogos Olímpicos, o Brasil também esteve em todas as disputas desde que o futebol feminino passou a fazer parte da competição, em Atlanta 1996. A seleção bateu na trave duas vezes, em Atenas 2004 e Pequim 2008, ficando com a medalha de prata nas duas ocasiões. 

Ivo Gonzales/ O Globo

Premiação financeira

Ficar entre as primeiras colocadas da Copa América não só dá direito a vaga nas principais competições da modalidade nos próximos anos, como também garantirá uma premiação em dinheiro. 

O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, anunciou no dia 7 de abril que as campeãs da Copa América 2022 ganharão 1,5 milhão de dólares e as vice-campeãs levarão para casa 500 mil dólares.

Esta será a primeira vez em que a competição continental feminina terá premiação em dinheiro.

AFP PHOTO/Claudio Reyes

Finalíssima

A vencedora da Copa América Feminina de 2022 terá mais um compromisso pela frente. Pela primeira vez na história, as vencedoras da Copa América e da Eurocopa Feminina disputarão a ‘Finalíssima’, competição organizada em conjunto por Conmebol e UEFA. No masculino, a disputa voltou a ser realizada em 2022, com a Argentina levantando a taça diante da Itália. 

Segundo as confederações, a disputa da ‘Finalíssima’ feminina seguirá o modelo da masculina, com data e local ainda a serem confirmados. 

A competição 

A  Copa América 2022 terá dez seleções divididas em dois grupos de cinco. Na primeira fase, as equipes se enfrentam dentro do próprio grupo e as duas primeiras colocadas de cada chave garantem vaga nas semifinais. Depois disso, serão disputados confrontos únicos para definir os finalistas. Os 3º colocados de cada grupo na primeira fase farão a disputa do 5º lugar geral da competição. 

Grupos da Copa América 2022

A Colômbia (país sede) e o Brasil (campeão da última edição) encabeçaram as chaves dos grupos A e B. Confira como ficou cada grupo:

Onde assistir? 

A Copa América Feminina 2022 terá transmissão na TV aberta pelo SBT e na TV fechada pelo SporTV. Toda a cobertura da competição você acompanha no site e nas redes sociais do Fut das Minas.

Mariana Santos
Jornalista. Do campo, quadra e areia, encontrei no jornalismo a junção de duas paixões, o esporte e a comunicação. No Fut das Minas, a missão mais importante: escrever sobre o protagonismo das mulheres no futebol e no mundo. Comentarista às vezes. Palpiteira sempre.