Libertadores Feminina: Ferroviária vence o Deportivo Cuenca e garante a segunda vitória na competição

Foto: Twitter/ CONMEBOL Libertadores Feminina

Com a vitória, a Ferroviária assume a liderança do grupo A, somando seis pontos. 

A Ferroviária entrou em campo na tarde deste sábado (06) para enfrentar o Deportivo Cuenca, tentando buscar a sua segunda vitória da Libertadores Feminina. Em um jogo equilibrado no estádio Manuel Ferreira, as Guerreiras Grenás mostraram a sua força e venceram por 2 a 1, com gols de Rafa Mineira e Luana. Já Riera descontou para o Cuenca. 

Primeiro tempo 

A Ferroviária já começou pressionando e Suzane fez a goleira do Cuenca trabalhar aos dois minutos da partida, com um chute de fora da área. A partir daí, o jogo se mostrou equilibrado, com o time de Araraquara tendo mais posse de bola e chegando ao ataque, enquanto o Deportivo Cuenca, aproveitava os espaços, principalmente pelo lado esquerdo, para criar jogadas em velocidade.

Aos 17, mais uma chance para as Guerreiras Grenás. Carol Tavares recebeu um passe de Sochor e chutou de fora da área, mas a goleira espalmou mandando para escanteio. Logo em seguida, Barrinha deu um passe errado na área defensiva e  Riera aproveitou o erro e ficou de cara para o gol, mas acabou desperdiçando a chance de abrir o placar.

A equipe equatoriana ainda levou perigo, aproveitando os erros de saída de bola do time afeano, mas os sucessivos impedimentos, seis só nos 45 minutos iniciais, atrapalharam as oportunidades do Cuenca de sair na frente. 

Já no final da primeira etapa, Raquel Fernandes cruzou a bola para Ludmila que até chegou a marcar de cabeça, porém, o gol foi anulado, pois a atacante estava em posição de impedimento. 

Segundo tempo

Na volta do intervalo, a técnica Roberta substituiu Ludmila por Laryh e a alteração deu resultado. Aos três minutos, em uma chegada do ataque, a camisa 18 foi derrubada dentro da área e a arbitragem marcou penalidade. Rafa Mineira converteu, marcando o primeiro gol das Guerreiras Grenás.

No entanto, o Deportivo Cuenca reagiu rápido. Aos sete, Riera recebeu lançamento na entrada da grande área, a artilheira do time equatoriano tirou bem da goleira Luciana, deixando o placar tudo igual. 

E o ritmo intenso continuou. Dessa vez, a Ferroviária não perdeu tempo e virou a partida aos 13 minutos, após cobrança de escanteio, a bola fica viva dentro da pequena área, Luana aproveita o bate-rebate e manda a bola para o fundo do gol, colocando as Guerreiras Grenás a frente do placar mais uma vez. 

E no último minuto de jogo, o time de Araraquara ainda sofreu um susto. Samia cometeu uma falta dentro da pequena área e a árbitra marcou o pênalti. Riera foi bater o pênalti, mas acabou mandando a bola no travessão, confirmando a vitória brasileira. 

Próximo jogo

A Ferroviária volta a campo, na próxima terça-feira (09) contra o Santa Fé, às 17h30. 

Vitória Soares
Paulista em terras paraibanas, jornalista em formação e apaixonada por esportes desde pequena. Tinha o sonho de ser nadadora profissional, mas como não deu certo, encontrei no jornalismo uma chance de continuar a viver o esporte de perto. Seja no trabalho, na faculdade, em casa, com amigos, estou sempre falando, assistindo ou pensando sobre futebol, e também um pouquinho sobre F1. Além disso, gosto muito de sair para comer ou beber, ir ao cinema. E também de ficar em casa, assistindo a alguma série, lendo ou só curtindo minhas playlists favoritas.